Victoria's Secret contra o abuso infantil!!


Todos sabemos que o mundo da moda tem um enorme processo de desenvolvimento das peças  que vai desde a colheita da matéria prima até a exposição na vitrine bem a Victória Secret's não tomou muito cuidado ao escolher a fabrica de onde viria a fonte de sua matéria-prima.
De acordo com Bloomsberg, Victorias Secret fez um acordo em 2007 para comprar "comércio justo" e de algodão orgânico a partir de Burkina Faso. Os produtos foram lançados nas lojas em 2009 e foram rotulados de "Bom para as mulheres. Bom para as crianças que dependem deles." Bloomberg Markets , desde então, descobriu que o fazendeiro, Victorien Kamboule, que produz o algodão abusa de obra de mão infantil, usando criança de 13 anos de idade, como exemplo a  Clarisse Kambire é um estudo do caso.

   "Se eu deixar a criança fora, como serei capaz de fazer o trabalho?" Kamboule disse. "Eu às vezes batia nela." Isto é, quando eu dou o trabalho dela e ela não quer entregar ".

 A Victoria's  Secret prometeu investigar as alegações do trabalho infantil, depois surgiram relatos de que a empresa utiliza para criar o seu algodão de Comércio Justo - o Burkina Faso programa - bater e abuso de funcionários (as crianças).
         "[As alegações] descrevem o comportamento contrário aos valores da nossa empresa e do código de trabalho e padrões de sourcing que exigem todos os nossos fornecedores para atender", disse Tammy Roberts Myers, presidente da marca de lingerie da empresa-mãe Limited Brands Inc vice de comunicações externas."Nossos padrões especificamente proibem o trabalho infantil. Somos vigorosamente envolvimento com as partes interessadas para investigar plenamente este assunto."
         Um absurdo, acho que as impressas devem investigar bastante seus fornecedores antes de contrata-los já que clientes querem comprar lindas peças não exploração infantil.

Você também pode gostar

comentários

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook